domingo, 17 de maio de 2009

Esta matéria do G1 é impagável.


Suspeito desiste de fuga nos EUA para comer último burrito

Jermaine Askia Cooper estava fugindo da polícia a 145 km/h.Como seria preso, suspeito pretendia saborear seu prato preferido.



Traficante não queria ser preso sem antes comer seu 'último' burrito. (Foto: Divulgação)


Uma perseguição policial em Fort Wayne, no estado de Indiana (EUA), terminou repentinamente quando um suspeito de tráfico de drogas reduziu a velocidade e parou em um restaurante fast-food da cadeia Taco Bell.

Jermaine Askia Cooper, de 36 anos, estava fugindo da polícia a 145 km/h.

Segundo o policial Mark Walters, o suspeito afirmou que parou no restaurante Taco Bell porque sabia que iria para a prisão por um tempo e pretendia comer seu último burrito. Cooper foi detido sem direito a fiança por porte de cocaína, resistência à prisão e fuga.